De palavras para filme

Eu adoro filmes e livros relacionados à Segunda Guerra Mundial e à Alemanha nazista. Já li alguns livros e assisti inúmeros filmes e o assunto pra mim ainda continua sendo fonte de grande interesse. Dos livros que foram adaptados pro cinema, o filme “O Menino do Pijama Listrado” me arrancou muitas lágrimas, mas confesso que sou daquelas que chora mais ainda ao ler a história. Eu considero que normalmente, livros sobre o Holocausto não são fáceis de ler, alguns até deixam o leitor cansado. No entanto, esse livro conta um conto do que poderia ter acontecido, abordando o cenário nazista de um ângulo bem interessante. Outros filmes que fazem abordagem dessa época, tais como “O Leitor”, “O Diário de Anne Frank” e “O Pianista” estão entre os meus favoritos.

Mas para mim, o melhor livro voltado para este período da história é “A Menina que Roubava Livros” (The Book Thief), de Markus Zusak. A principal razão para isso é – além de ter me feito chorar minha alma – a surpreendente forma como a trajetória da menina é narrada pela Morte (informação que é dada na contracapa do livro). Pra quem não leu o livro, a trama gira em torno da garota Liesel que encontra consolo em roubar livros e compartilhá-los com outras pessoas durante os horrores da Segunda Guerra Mundial. Esse foi o livro mais marcante que já li e eu acho que todo mundo no mundo deveria ler.

IMG_4128

Como muitos já devem ter visto, o Bestseller virou filme e eu já estou super ansiosa pra ver na telinha a história que foi criada na minha cabeça! Mas esperar que a adaptação seja totalmente fiel ao livro é um perigo pra quem se decepciona fácil. Já li muitas pessoas reclamando que imaginavam a menina “assim e assado” e ela é completamente diferente no trailer. Bom, cada um cria a sua própria imagem da história e independente dos personagens serem parecidos ou não com a descrição do livro, eu acredito que o filme vai ser tão bom e tocante quanto o livro. Aqueles que já leram o livro sabem que ele tem um grande potencial pra ser brilhante.

Se você ainda não leu, recomendo que leia antes de ver o filme…você não vai se arrepender!

O filme deve estrear no Brasil em janeiro de 2014.  Já aqui na Alemanha, pelo que andei vendo, será em Fevereiro.

Chorarei litros!

Anúncios

20 comentários sobre “De palavras para filme

  1. oi ana!
    duas big coincidências… a primeira é que eu tb adoro ler coisas sobre guerras. Nao sei pq, mas sempre gostei de estudar o tema!! E o meu interesse vai alem dos livros, gosto tb de filmes e de musicas que representam a época (ex: soldatenlieder). Bom, tem quem ache estranho!
    A outra coincidência é que estou lendo esse livro! Terminei outro livro mara (vinho e guerra) e deu vontade de ler esse, que esta aqui em casa me olhando ha uns anos… haha É mto interessante; to na metade mas ja nas primeiras paginas meus olhos encheram de lagrimas! Bjs

  2. Oi menininha linda!

    ahh eu tbm gosto mt desse tema, ja li e vi mts coisas, vc ja visitou os centros de concentracao aqui? eu fui em alguns, mas nao quero mais ir, é mt triste, mt mesmo 😦
    Todos os livros e filmes que vc recomendou aqui tbm ja li e vi. Tbm chorei MUITO lendo a menina que roubava livros, é mt bom ne? Nem sabia que tinha filme. Geralmete os livros sao mil vezes melhores, mas vamos ver ne?

    Bjs querida!

    • Oi Ninoca!
      Já fui sim em centros de concentração e esses são os piores lugares pra pessoas frouxas como eu ir…a gente sai de lá detonada! Também tou curiosa pra saber se o filme vai ser fiel à obra! Vejamos!
      bjos

  3. Tambem li este livro Ana. Alias tenho ele guardadinho aqui porque tenho mania de reler os livros que gostei depois de um tempo. Gosto de relembrar os detalhes… 😉 Com certeza verei o filme! Bjs

    • Guardei o meu com todo carinho também. Esse dias até dei uma relida em algumas páginas que tinha marcado como favoritas…é sempre bom relembrar. Esse filme será fantástico!
      beijos

  4. Esse é uma dos meus livros favoritos. Eu simplesmente devorei o livro em menos de uma semana de tão fascinada que fiquei com a história.
    Que bom saber do filme, já estou ansiosa!!

  5. Esse livro é muito bom!!! Eu já tinha lido ele em português e no começo do ano li ele em alemão! Muito bom mesmo!! Claro que sempre vou achar livros mais interessantes que os filmes deles, porque fazem a nossa imaginação viajar, mas parece esse filme parece ser bom. Também sou fascinada pela assunto da Segunda Guerra, sempre leio livros,vejo filmes e me delicio com os documentários que tem aos montes aqui na tv alemã. Talvez esse assunto me fascine tanto porque meus avós ainda moravam aqui nessa época, consigo meio que sentir o horror que minha família teve que passar…

    beijinhos

    • Babi, também gosto muito dos documentários que as vezes passam na tv. A história da sua família deve ser triste, mas acredito que seja linda e bastante rica. Simplesmente adoro esse assunto!
      beijos

  6. Amoreca do céuuu!! Nao sabia que ia sair o filme! Eu li o livro há alguns anos e AMEIIIIIIIII! Nossa, já vou comprar o ingresso hj para garantir o meu lugar (a louca que acha que cinema é evento onde os ingressos sao vendidos com 1 ano de antecedência)! hauhauhau
    Obrigada pela info.
    Beijos, praga linda do meu abuso!

  7. Na minha opinião livros sempre são melhores que os filmes, principalmente por causa da riqueza de detalhes. Eu sou uma pessoa emotiva, porque choro seja vendo os filmes ou lendo um bom livro rs. Acredita que até já chorei visitando a casa onde a Anne Frank ficou confinada? Realmente o período da 2a. Guerra é o mais marcante da história e os livros que retratam essa época são mais do que emocionantes. Gostei da dica e já está na minha listinha de leitura para o inverno. 😉
    Puss!

    • Vânia! Também saí da casa de Anne Frank chorando! Acho que só quem é muito duro na queda é que resiste em não sair de lá em prantos. Ah sim, os filmes não conseguem descrever todos os detalhes e por isso também acho que a leitura marca mais. Espero que goste do livro! 🙂
      Bom dia!
      bjos

  8. Ana,
    não li o livro, mas agora fiquei interessada. E agora que vai ter adaptação para o cinema, é melhor eu me apressar.As adaptaçôes por melhores que sejam, na minha humilde opinião, nunca se comparam a ler o livro.Mas meu problema é que eu choro demais. Em ” O Pianista”, eu pensei que fosse ter um treco de tanto que eu chorei, o filme é maravilhoso, mas meu choro é “no bueno”. O “Diário de Anne Frank”, eu nem me atrevi a ler, pois como sabia a história já sabia qual iria ser minha reação.
    P.S.: : ) Concordo com você, também não acho que todo brasileiro é bacana e gente boa, não. Afinal, gente é gente, né?! Quer dizer que você vem em novembro pra “Fostaleza”?! Menina, que massa!! Se der tempo dá um alô pra sua leitora aqui : ), enquanto estiver por aqui. O “tchau” em Munique era “tchau” mesmo ( provavelmente o” Ciao” em italiano), eles falavam “tschüs” também, mas falavam muito “tchau”. Meus sobrinhos adoraram e achavam que é pq eles queriam agradar a gente pq sabiam que nós éramos brasileiros. Eu morria de rir e dizia a eles que não era esse o motivo.
    Bjs.

    • Sim Ká! Se apressa que aí no Brasil já vai ser em janeiro!!! Ele é fácil de ler e não te deixa nem um minuto entediada. Mas amiga, se acabe nas lágrimas, não tem nada melhor que ler ou ver algo que mexe profundamente com a gente.
      E sim, estarei na terrinha em novembro e clarooooo que a gente tem que marcar um encontro. Você tem face? (ô pergunta triste!!!!!) Vou te mandar um e-mail com meu endereço, daí a gente se adiciona!
      Ah, o tchau aqui é sim muito comum, mas infelizmente não é porque eles querem nos agradar não! uahauahauah
      beijinhos

  9. Ana,
    li os dois últimos posts…
    Bom sobre o filme fiquei DOIDA aqui ara ver, adoro filme assim também… quero ver!!!!!
    Sobre o livro já ouvi falar, porém nunca me apeteceu em ler, agora bateu curiosidade, voc6e fez uma sinopse tão boa!!!!! rsrsr
    Estou lendo Marina, porém não estou achando lá grande coisa…
    beijãooo

    • Ana, se você gosta de ler sobre o tempo da II guerra, eu te aconselho muito ler esse livro. Tenho certeza que você vai gostar. Quanto ao filme, é um dos meus favoritos! Amo a atriz e a riqueza do filme. Amo tanto o nome Amélie que até batizei minha bike com o mesmo!
      beijos

Faça o meu dia!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s