Cadeados do amor: prenda o seu também!

IMG_4806

Para alguns poluição visual, para outros, uma forma moderna de representar o amor. Os cadeados do amor estão ganhando cada vez mais espaço em vários lugares do mundo, principalmente nas grandes cidades europeias. Quem já foi em Colônia e teve a oportunidade de passear pela sua ponte mais famosa, deve ter se surpreendido ao ver a grande quantidade de cadeados que a ponte possui.

As fechaduras do amor não são apenas qualquer cadeado colocado indiscriminadamente em qualquer lugar. Elas representam um gesto romântico e representação física do amor. Os amantes escrevem ou gravam os seus nomes no cadeado, o prendem em um poste, ponte, portão ou estrutura e em seguida jogam a chave fora, simbolizando assim que o amor está bloqueado, seguro e imune a qualquer eventualidade da vida. É inquebrável!

Há quem ache tudo isso um grande besteirol. Eu não sou dessas pessoas. Para mim, o amor é uma das forças mais poderosas e comoventes que existe e eu adoro qualquer ato singelo de demonstração. Expressões de amor são únicas, assim como as pessoas que as fazem.

IMG_4805

Infelizmente, em algumas cidades, a prefeitura tem por alvo remover os cadeados em determinadas pontes e lugares. Um dos motivos que se alega é o peso de todos dos cadeados. Em Colônia já chegou a ter protesto contra a remoção deles. No momento eles ainda pertencem à Ponte Hohenzollern e tomara que permaneçam por lá! Outra razão para remover esse simbolismo é a aparência dos lugares – muitos acham que a demonstração é de desordem e não de amor.

Se você e seu parceiro não têm medo de assumir que vivem um grande amor, feche o seu próprio cadeado e atire a chave no mar ou no rio e acredite – seu amor será para todo o sempre! 🙂

IMG_4893

A Paola é uma grande amiga da Lê, a qual eu tive o prazer de conhecer. Ela colocou o cadeado dela e do Flávio em Budapeste e jogou a chave no rio Danúbio! Que seja eterno!

P.S: eu ainda não prendi o meu! Estamos esperando uma oportunidade de voltar em Mainz para colocá-lo em uma das pontes sobre o rio Reno. Afinal, foi lá que tudo começou…

Bom fim de semana!

Anúncios

21 comentários sobre “Cadeados do amor: prenda o seu também!

  1. Primeiro de tudo, que blog lindo! Amei :)!

    Gostei do gesto dos cadeados, eu acho que ao jogar a chave fora as pessoas tb estão se comprometendo em trabalhar suas diferenças e as dificuldades no relacionamento.Hoje em dia as pessoas estão com a tendência de ter uma chave extra pra cair fora “caso não dê certo”. O amor não tem plano B!

    Linda postagem!

    • Oie Gisley!
      Obrigada pela visita e comentário fofo!
      Adorei você ter complementado a ideia do post…realmente não se pode ter chave extra pro amor!
      Volte sempre e obrigada por ter gostado daqui! 🙂
      bjão

  2. Eu acho bem fofas essas manifestações de amor e o simbolismo que elas carregam. Ontem mesmo, no centro de Zurique, passei pela ponte junto ao Rio Limmat e tirei até fotos dos cadeados que lá estão. Está todo mundo apaixonado! Viva o amor ❤ . Bjsss

    • Super concordo com você, Manoel! Pra um relacionamento continuar dando certo, o simbolismo do cadeado já não é mais tão importante quanto o sentimento compartilhado no cotidiano!

      🙂

  3. A primeira vez que vi essa ideia romântica do cadeado foi em Paris e achei tão assim “cute” que eu queria fazer também. Marido na época (que ainda era namorado) me disse que não precisava porque eu o havia prendido no meu coração e jogado a chave fora. Preciso dizer que me derreti? Não, né!

    Sempre achei que essa história romântica do cadeado era coisa dos franceses, até que esse ano me surpreendi ao ver a mesma tradição em Berlim. Perguntei para o marido: você ainda continua trancado ou é melhor garantir um cadeado ao estilo alemão? rs. E a resposta foi a mesma de 7 anos atrás… me derreti novamente. 😀

    E viva a globalização e os corações apaixonados!

  4. Olha….vou te falar que eu acho a ideia legal e romântica. Mas o fato de ver tantos cadeados em grades de pontes, me incomoda. Acho que isso acaba estragando com a paisagem do lugar. E tenho percebido que virou uma febre. Onde tiver ponte, tem cadeado. E vários.
    Nunca coloquei o meu e não sei se farei isso um dia.
    Mas viva amor! Com ou sem cadeado!
    🙂

  5. eu acho muito legal, uma forma diferente de intervenção urbana ao expressar o amor. Não quis deixar em Paris, mas deixei o meu cadeado com meu namorado em Colonia, pois é na Alemanha onde queremos viver.
    Acho que se foi em Mainz onde tudo começou, vocês não tem outra escolha, hehehe!

  6. Hehe Fofo. Não sei se eu trancaria um cadeado com alguém, sinceramente. Acho que o estar juntos nem sempre significa amor ou felicidade. Mas que é romântica a ideia de fazer isso com alguém que a gente ama, isso é.

    • Isso vai de pessoa pra pessoa! Também não trancaria um cadeado se tivesse namorando há pouco tempo. Mas quando a pessoa sabe que encontrou a tampa da panela, daí já é outros quinhentos! hehehe

Faça o meu dia!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s