os últimos dias de 2015

hikingtirol_thigermanlife6

Para fechar o ano com chave de ouro, nós fomos passar alguns dias na região do Tirol, na Áustria. Os últimos dias de dezembro estavam tão quentes que dava até pra ficar de janelas abertas. Os invernos andam meio loucos, quem mora por aqui deve concordar. Aproveitamos que não estava frio nem mesmo nos alpes e fomos fazer trilha.

Nós começamos nossa viagem com um passeio por Innsbruck. A cidade é bem pequena, mas uma gracinha! Uma tarde foi o suficiente para conhecermos os pontos principais.

innsbruck_thisgermalife

Mas nós tínhamos planos bem mais ousados. Ficamos hospedados em Garmisch-Partenkirchen (onde fica o Zugspitze) e logo no dia seguinte, nós cruzamos a fronteira e dirigimos por uma hora até chegarmos em Ehrwald, no Tirol. Nós queríamos chegar ao Seebensee, um lago alpino situado a pouco mais de 1600 metros de altitude. No verão esse lago tem a cor turqueza, mas como já esperávamos, ele estava completamente congelado. Começamos a nossa trilha a 1000 metros e passamos umas 7 horas (unterwegs) fazendo o percurso de 15 km, com paradas para o nosso lache e muitas fotos. Considerei essa trilha com nível de dificuldade médio. Os trechos que mais tive dificuldade foram os que estavam congelados. Se tem uma coisa que tenho medo é de cair no gelo e quebrar algum osso. Por falar em lache, é muito comum os alemães levarem a sua própria comida quando estão fazendo trilha. Nunca se sabe se haverá algum local para comer durante o percurso. Na nossa mochila sempre tem tomates, pão alemão, linguiça, queijo e maçãs.

seebensee_thisgermanlife seebensee_thisgermanlife1

Depois de uma noite de descanso e com as pernas zeradas, nós partimos para a nossa segunda trilha localizada nos arredores de Innsbruck. Esse dia foi muito cansativo e difícil pra minha experiência. O Salfeins é um platô situado a 2000 metros de altitude. A nossa subida foi de cerca de 600 metros e já no caminho pudemos apreciar vistas maravilhosas como essa. Minha paixão pelas montanhas tem aumentado significativamente. Cada vez que visito os alpes eu volto pra casa com lembranças incríveis e ainda mais determinada a continuar subindo e subindo!

hikingtirol_thigermanlife4hikingtirol_thisgermanlife8

Nesse platô existe um lago onde a cadeia de montanhas da foto acima (Kalkkögel) se reflete na água dessa forma. Uma coisa incrível que eu gostaria muito de ter visto. Infelizmente o lago estava congelado e coberto de neve. Mas a subida valeu muito a pena, porque o que encontramos lá em cima foi simplesmente isso:

hikingtirol_thisgermanlife10hikingtirol_thigermanlifehikingtirol_thisgermanlife11 hikingtirol_thigermanlife1 hikingtirol_thigermanlife2hikingtirol_thigermalife9

O silêncio era absoluto. Não daqueles que te enlouquece, mas daqueles que acalenta a alma. Lá estávamos nós dois, a 2000 metros de altitude, sem ouvir buzinas de carros, ruídos de motor, pessoas falando ao mesmo tempo, longe de todo o vai e vem da nossa rotina. A calmaria que encontrei era tudo o que eu precisava pra terminar o ano bem, numa paz que a minha alma abraçou agradecida, pelo meu esforço de ter conseguido subir até lá.

hikingtirol_thisgermanlife3

Estou pronta para mais aventuras como essa em 2016!

Anúncios

30 comentários sobre “os últimos dias de 2015

  1. Pingback: [tag] bloggers out and about | This German Life

  2. Cheguei no seu blog pelo da Ta (o Nyr Dagur) e tô completamente apaixonada pelas suas fotos, sério! hahahahaha se tem uma coisa que gosto de acompanhar são blogs pessoais que falam sobre viagens, e já me encantei com esse seu ❤

  3. E mais uma vez estou sem palavras aqui… que maneira linda de terminar 2015!! Ana querida, ótimo 2016 pra ti e pro maridão…
    Espero que esse ano consigamos nos conhecer pessoalmente!
    Abraço!

  4. A cada foto sua o coração até para de bater, você tem uma maneira de fotografar muuuuito unica e linda, que mesmo uma pessoa no mesmo lugar, não conseguiria transmitir um negocio desse. Por isso a fotografia é tão unica né? 🙂
    E ai, como não terminar o ano bem depois de trilhas assim e lugares como estes, demais mesmo! O lugar que tenho mais vontade de conhecer na Austria é exatamente a região de Tirol.. e fico nessa de ir no inverno ou no verão? acho que as duas estações são maravilhosas do mesmo jeito. Bora combinar umas escaladas e trilhas por ai.. pra ver esses lagos todos brilhando com suas cores? Acho que seria demais!
    Montanhas… ai, sou supeita pra falar, mas é um sentimento tão grande, que a gente só ama mais e mais.
    2016 vai ser lindo e com muito mais aventurais ai pra vcs. Beijão, Ana! 🙂

    • Muito obrigada Taís ❤ Fico super lisonjeada com seus comentários tão carinhosos.
      Nós terminamos o ano muito bem mesmo com essas trilhas! O tempo estava bom, as trilhas foram maravilhosas, enfim…não tinha como terminar o ano mal.
      Já disse e repito, venha conhecer a baviera que faremos algo do tipo juntas e minhas portas estão abertas! O verão na alemanha é quente e verde, entende? Eu particularmente gosto de visitar os alpes na primavera e no outono, pois as cores são sempre mais bonitas. Pense com carinho, seria um prazer ter você por aqui fazendo trilha conosco!
      super beijo

  5. Que paisagens lindas voce teve fazendo essas trilhas, elas lembraram um pouco (mas assim bem pouco) quando fiz hiking em Maine, deu ate saudade daquele lugar agora. Achei super interessante voces levarem tomate, pão alemão, linguiça e queijo, aqui quando a gente faz hiking levamos cereal bar, frutas, yogurte, gatorade e sandwiches ou muffin (algo que de caloria pra queimar) que interessante ver o que as pessoas levam pra lanche quando faz hiking em outras partes do mundo. Nem preciso dizer que fotos lindas ne….rsrsr.
    Beijinhos

    • Oi Monique! Pois é, levamos isso porque é praticamente um pequeno almoço, já que nossas trilhas levam sempre mais que 6 horas. Barrinha de ceral também levamos, mas acaba sendo só um petisco no caminho. Esqueci de dizer que levamos muita água, Dois litros no mínimo!
      Obrigada por acompanhar o post e pelo carinho de sempre!
      beijinhos

  6. Taí uma coisa que quero fazer mais em 2016: hikking nas montanhas! Como é bom! É importante também respeitar o nosso ritmo e ir devagar, até conseguir subir e subir sem se cansar “até quase morrer”, rs… Nada de forçar os limites do corpo, eu pelo menos penso assim!
    Nós também sempre levamos alguma comida e água na mochila. É super importante! Nossa e vocês levam tomate! (eu não consigo comer tomate puro, rs…) Realmente as paisagens dos alpes são lindas, difícil não terminar um passeio assim com boas lembranças e belas fotos! Lindos os dois!!! Bjs
    Ah, Ana, comentário totalment off topic: meu marido quer porque quer uma tela de uma jangada ao por do sol, como as paisagens que ele viu assim no Ceará. A cor desta tela e o motivo dela são ideais para um espaço que a gente reformou aqui em casa. Procurei na internet artistas/galerias que vendam telas assim e até encontrei a tela (que parece perfeita!) de uma pessoa em Fortaleza, mas ele ainda não me respondeu :-(. Pergunta: você conhece alguém (artista ou loja) na sua terra que venda telas? Desde já, agradeço se souber e puder indicar !! Bjss 🙂 🙂 🙂

      • Oi Sandrinha, me perdoa por estar respondendo só agora. Mas fico aliviada que você já conseguiu o contato de alguém!

        Quanto ao hiking, concordo demais com o que você escreveu. Eu sou iniciante e realmente não extrapolo meus limites, mas esforço eu ponho e muito 🙂
        Esqueci no texto de citar que levamos água também. Nossa, nem pensar de esquecer!!!
        Obrigada por acompanhar o post! Queremos muito fazer trilha nos alpes suíços também, que devem dar de mil a zero nos daqui hehehe

        bjão

  7. Sensacional! Eu fiquei apaixonada pela Áustria quando fui em 2013 e gostaria muito de voltar, principalmente se puder fazer uns passeios como esse, pelas montanhas. Não tenho o melhor físico do mundo pra isso, mas as trilhas fáceis acho que eu conseguia encarar! rs

    • Que legal Bárbara, espero que você faça planos mesmo de voltar. Mas pra trilhas bonitas como essas não precisa você ir até o tirol, aqui na Baviera tem muuitas (sempre tentando te convencer a vir pra cá hahaha). 🙂

  8. Simplesmente sem palavras…Fantástico é muito pouco, e não encontro palavras a altura para descrever tamanha beleza! Muito obrigada Ana por compartilhar conosco lugares incríveis e inesquecíveis como este!! ❤ . Viajo com vcs a cada nova aventura,pois apesar de morar por estes lados,não tenho esse pique que vcs tem 😀 ,nem material apropriado,nem ideia das dificuldades enfrentadas.Logo vou na "mochila" e curto cada passo!!! E sabe eu quero estar dentro dela sempreeeeeeeee!! 😛 😀 Bj grande

Faça o meu dia!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s