Hiking em Berchtesgaden – Jenner

hikingjenner_thisgermanlife8

A primeira vez que fui ao topo do Jenner foi de bondinho. O pico dessa montanha, no coração do Parque Nacional de Berchtesgaden fica a 1874 metros de altitude. Lembro muito bem que essa foi a primeira trilha que fiz, já que descemos a montanha a pé. Quase quatro anos depois eu voltei ao topo, mas dessa vez a pé. Eu escrevo isso com um certo orgulho e talvez até com um pouquinho de arrependimento de só ter começado a explorar a natureza dessa forma no final dos meus 20 anos. O meu maior incentivador, meu querido esposo, faz trilha desde criancinha. Os pais dele praticam o Wandern (hiking) até hoje. Daí você pode se perguntar: mas o que tem de tão especial subir uma montanha? Bom, além do prazer que é colocar o corpo pra trabalhar, eu sempre fico maravilhada com o que vejo no caminho. Pra nós dois que amamos fotografar paisagens é sempre muito inspirador fazer trilhas nas montanhas. Eu também amo o silêncio e a calmaria de uma trilha vazia. Me faz lembrar do quanto eu detesto ouvir barulho.

hikingjenner_thisgermanlife4hikingjenner_thisgermanlife1hikingjenner_thisgermanlife2hikingjenner_thisgermanlife20

O dia que escolhemos pra fazer nossa trilha não prometia ser bonito. Mas mesmo com a névoa que tinha tomado de conta da paisagem, nós resolvemos acreditar que ela iria de dissipar e iríamos ser recompensados com um lindo panorama. Só que a cada 100 metros a névoa ficava ainda mais densa. Em certos momentos foi até desesperador procurar ver alguma coisa e não conseguir ver nada. Eu já tinha começado a ficar desmotivada, mas pra nossa surpresa, depois das três horas que levamos para chegar ao topo, o sol finalmente tinha começado a brilhar.

hikingjenner_thisgermanlife6hikingjenner_thisgermanlife7hikingjenner_thisgermanlife3hikingjenner_thisgermanlife10hikingjenner_thisgermanlife9

Aí eu me animei muito, claro! Nós passamos um tempinho lá em cima, onde comemos e descansamos. O céu foi ficando cada vez mais azul durante a nossa descida e tudo ficou ainda mais lindo! Por isso o post de hoje tem muitas fotos. Sorry, mas ficou difícil escolher só dez!

hikingjenner_thisgermanlife15hikingjenner_thisgermanlife13hikingjenner_thisgermanlife14hikingjenner_thisgermanlife16hikingjenner_thisgermanlife19hikingjenner_thisgermanlife11hikingjenner_thisgermanlife12

Eu sempre procuro tirar lições dessas minhas andanças. E uma delas é que essa sensação de realização, de provar pra mim mesma que eu posso subir uma montanha, me faz acreditar que eu posso fazer qualquer coisa nessa vida. E isso, ninguém poderá nunca tirar de mim!

* Afinal, It is not the mountain we conquer but ourselves [Edmund Hillary] *

hikingjenner_thisgermanlife17

Subida: cerca de 923 metros

Nível de dificuldade: médio, difícil apenas em certos trechos.

Duração da trilha: em média pouco mais de 5 horas.

Nível de satisfação: 100% 🙂

40 comentários em “Hiking em Berchtesgaden – Jenner

  1. Nossa! Fica até difícil descrever tanta beleza. Lugar lindo! E vc foi muito corajosa, hein Ana! 5 horas de trilha? Uau! Parabéns! Mas deu pra ver que todo o esforço valeu a pena, né? A natureza é assim, sempre nos surpreende. Maravilhosas as suas fotos! Sempre!
    Bjinhos
    Layde

    1. Obrigada Alexandra! Andei me aventurando na dupla exposição em câmera. Essa foto foi minha primeira tentativa. Devo melhorar claro, mas já fiquei satisfeita com o resultado 🙂

  2. A Alemanha é um lugar incrível mesmo, né? Fico tão triste que a Holanda é toda plana e sem graça em paisagens naturais, é tão meh. Que sapato você usa para fazer as trilhas, Ana? É uma das coisas que tenho vontade de fazer, mas né… nunca fiz, não sei por onde começar (ainda mais aqui nessa terra reta) e tenho medo de me perder! HAHAH. Amaria ler um post seu contando mais sobre como você começou a fazer trilhas (vou procurar agora aqui no blog, então já peço desculpa antecipadamente se vc já fez algo do tipo! haha).

    1. Isso foi uma coisa que notei logo de cara quando visitei a Holanda. Realmente a paisagem é bastante plana. Mas enfim, espero que você consiga entrar no clima e comece a fazer trilhas. Vem por aqui daí fazemos juntas! O sapato que uso é um Lowa a prova dágua. Ele é super confortável, não pesa e é bonitinho também. Aqui o link do meu: http://www.amazon.de/Lowa-Renegade-Espresso-Braun-44-5/dp/B0042AN9J8/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1456341446&sr=8-1&keywords=lowa+renegade

      Sabe que eu nunca fiz post sobre como e quando comecei. Uma ideia!
      beijos

  3. Gente, que blog maravilhoso ❤ Cavoquei quase todos os posts de junho de 2015 para cá, e estou adorando tudo tudo tudo ❤ As fotos, o jeito que você compartilha as informações, seu casamento, passeios… Esse post é só mais um exemplo, as fotos estão sensacionais. Para falar a verdade eu conheço pouco da Alemanha, mas vou adorar conhecer mais com o seu blog ❤

    Beijos, Vickawaii
    http://finding-neverland.zip.net

    1. Olá! Que comentário mais fofo! Muito obrigada pela visita ❤
      Fico super feliz de saber que você gostou daqui. Seja muito bem-vinda. Já vi que você é fã dos beatles e de cara já simpatizei hehehe.
      Volte sempre!
      beijos

  4. manda mais foto que tá pouco ♥

    e eu fico só imaginando a maravilha que é ter uma experiência dessas (tipo de coisa que eu provavelmente vou comentar muitas vezes aqui no teu blog). só de olhar essas fotos já dá vontade de por a mochila nas costas e me jogar na primeira montanha. dá também um sentimento de nostalgia. me faz lembrar dos dias que eu saia desbravando o sítio do meu pai quando criança e só voltava pra casa no fim da noite 🙂

    ♥ :*

  5. Dá uma vontade absurda de se teletransportar pra essas suas fotos, não sei lidar, haha.
    Quando eu era mais nova também não dava bola pra natureza, sabe? Mas hoje em dia minhas viagens ~dos sonhos~ são (em sua maioria) pra conhecer lugares assim, com muita natureza, de preferência com fenômenos naturais pelo caminho (sonhando demais com uma aurora boreal) e trilhas incríveis, hahaha. Ainda bem que todo o esforço de vocês foi recompensado, que a neve deu uma trégua e ganharam essa paisagem maravilhosa (e essas fotos incríveis pra guardar de recordação, haha).

    1. Que bom que com o tempo nós mudamos! Eu também não dava muito bola e hoje vejo o quanto perdi. Sem dúvidas, quero que meus filhos tenham desde pequenos contato com a natureza 🙂

  6. Aninha, é impressionante, mas suas fotos estão cada vez melhores. O seu profissionalismo tem aumentado a cada viagem e a cada postagem que você nos mostra. Você tem tudo para decolar e arrasar (o que já está acontecendo, né?). Muito amor pelas fotos, pelo blog e por você! ❤

    1. Fico até vermelha com esse comentário! As coisas estão indo devagar, do jeito que gost. Mas estou super feliz e satisfeita com o meu progresso. Muito obrigada pelo carinho, Vaninha ❤
      beijos

  7. Menina do céu! ME EXPLICA como eu ainda não conhecia o seu blog? Essas fotos. ❤ Essas casas. ❤ Essa neblina. ❤ Eu estou descontrolada! Dá licença que vou me recompor.

  8. Aninha
    Belas as fotos e as lições de superação que você segue aprendendo passo a passo,
    As fotocas né linduca, dispensam comentários…
    O silêncio é território tão fértil.Faz brotar idéias, soluções, enfrentamentos.
    Continuo aqui olhando a caixa de correios diariamente, ainda sem notícias da sua cartinha ;(
    Beijos querida!
    Márcia

    1. Muito obrigada, querida amiga!
      Estou começando a acreditar que o meu presente se perdeu…tá difícil acreditar que ele ainda vai chegar. Poxa, tô muito triste 😦
      Mas não tem problema, o que eu tinha colocado dentro do pacote, posso te dar aqui quando nos encontrarmos. Estou triste mais pela intenção mesmo sabe…enfim, que ódio dos correios.
      beijos

  9. Eu tambem so fui conhecer o hiking la pelos meus vinte e tantos, mas isso em parte foi que no RJ apesar de muitas trilhas lindas eu tinha medo por causa da violencia, mas depois que mudei pra ca comecei a praticar mais. Como voce falou e um sentimento de superacao que ninguem tira da gente =) E deu pra entender por que foi dificil escolher so 10 fotos…he he he.
    Beijinhos

    1. Sim Monique, este é o meu caso também. Até que existem trilhas em fortaleza, mas a violência me afrontava. Aqui tenho a liberdade de sair e ainda fotografar, coisa que nunca faria por lá 😦

  10. Ana e suas fotos espetaculares atacam novamente! hahaha ♥
    Só de ver as fotos já fico sem fôlego, imagina ver tudo isso aí pessoalmente, deve ser sem palavras mesmo. E não poderia concordar mais com você sobre esses desafios, cada um nos ensina muito sobre a vida e nós mesmo, é uma coisa mágica não é mesmo? A gente volta pra casa se sentindo tão bem, um vício fazer trilha nas montanhas, é muito recompensador!
    Beijos :*

  11. Ai ai… tamvém me arrependo de não ter começado a wandern antes na minha vida, e isso me faz uma falta danada ppr aqui.
    As fotos como sempre de tirar o fôlego, uma mais linda que a outra!
    Beijo

  12. Nossa, Ana… Você me faz ter vontade de fazer hiking haha! Shame on me, mas tenho certa preguiça de natureza – deve ser ranço a infância na roça, rs. Mas quando vejo essas fotos, a alegria e paz com que você faz os relatos, me dá vontade. Será que mudo os hábitos? Espero que sim, porque realmente, é recompensador.

    1. Sabe que eu também tinha preguiça de fazer?! Mas aí depois que comecei fui pegando gosto e hoje adoro. Tenho certeza que você pode sim mudar teus hábitos. É só dar o primeiro passo, que é querer!
      beijos

  13. Ana, vou chover no molhado de novo, pode? Que fotos maravilhosas! Eu vi o post no celular mais cedo mas quis vê-lo novamente da tela do computador pra babar mais um pouquinho nessas paisagens maravilhosas! Eu não tenho físico pra fazer trilha, mas eu concordo que pra quem gosta de fotografar paisagens, é um prato de mão cheia! Essa foto do seu marido meio de árvore está espetacular, linda!

  14. Ana…sem palavras que expressem tamanha beleza!! Você,(como já disse), é sensacional naquilo que faz!! Como dizem os alemães:Tem todo meu respeito! ❤ ❤
    Desejo muitas trilhas em sua vida…e que nelas vc sempre se reencontre e volte reenergizada para mais alguns dias de labuta na sempre nossa selva de pedra!! Um forte abraço,beijos mil, e até breve!! bjs ❤ 🙂

    1. Nica, obrigada por tirar um tempinho da sua viagem pra vir aqui me visitar e deixar esse comentário tão lindo! Obrigada por todo o carinho de sempre ❤
      Curta o Brasil por mim também!
      bjos

  15. Oi, só quero te dizer que estou chorando na beleza desse post. Sabe quando a gente para e fica maravilhada com o que vê? Uhum, bem assim. Incrível demais pra ser verdade, cara *-*
    Que fotos liiiiindas, não sei lidar. E sério, o dia não prometia? Não podia ficar mais incrível ❤ Que legal tu pensares nesses caminhos como uma espécie de "provação", tão bom se sentir assim, tirar uma lição e se sentir capaz, ver essas paisagens de perto, sentir que tá vivo, né? Obrigada por compartilhar ❤

    Beijos,
    brilhodealuguel.com

Faça o meu dia!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s