amor que cresce

schwangerschaft_thisgermanlife

Eu estava muito ansiosa pelo dia em que descobriríamos mais sobre você. Comi chocolate como sugerido por uma amiga, mas chegando lá descobri que a consulta seria só de controle. O médico só faria a revelação do gênero com 5 meses, ou seja, eu teria que esperar ainda mais 4 semanas pra te ver novamente. Como é que eu aguentaria? De fato não aguentei. Pedi no mesmo momento pra fazer uma ultrassonagrafia extra com a desculpa de que queria apenas ver o quanto você havia crescido. Sorte minha de ter comido o chocolate, você se mexia muito e deu pra ver nitidamente as tuas perninhas e bracinhos pra lá e pra cá. Até que o médico encontrou a posição que eu tanto esperava ver. Engraçado é que sempre me dirigi a ti usando “ele” enquanto todos apostavam que você seria a Anna Luisa, que sem dúvidas seria uma menininha amada com a mesma intensidade. Uma amiga me disse que era o meu instinto falando comigo, mas eu prefiro acreditar que era apenas a pontinha de esperança que eu ainda tinha que você fosse um menino. Eu não tive dúvida alguma do que vi e gritei chorando: é o nosso menino Kilian! O médico riu e acredito que sem muita boa vontade nos “confirmou”.

Pode parecer loucura mas você já fazia parte das nossas vidas desde a época em que eu e teu pai éramos casados mas morávamos em cidades separadas. Ele ainda em Mainz lutando pra terminar o doutorado e eu em Tübingen. Nossos familiares e amigos mais próximos, todos sabiam sobre você e te chamavam pelo nome, antes mesmo de você sequer existir. Naquele ano a vontade de ser tua mãe já existia, mas ela só se intensificou mesmo um ano depois, quando finalmente encontramos o nosso lar aqui em Fürth. Infelizmente eu tive que lutar um tempo contra ela. Era a língua pra aprender, trabalho numa cidade nova e sem perspectivas na minha área pra procurar e aquela chamada fase de curtir a vida a dois – e isso filho a gente fez direitinho. O tempo foi passando e essa vontade crescia descontroladamente. Eu não tive sossego na alma até o dia em que te descobri dentro de mim. E mesmo com toda a ansiedade da espera, te confesso hoje feliz que você veio no tempo certo. A notícia que você estava a caminho foi o presente de aniversário de 33 anos do teu pai. Ele não poderia ter recebido presente melhor. Eu te quis tanto, ambicionei tanto essa vida. Você que antes era apenas um sonho bom, um pedido pra Deus, agora é realidade. Meu Thomas, meu menino.

Anúncios

46 comentários sobre “amor que cresce

  1. Pingback: um resumo até as 25 semanas de gravidez | This German Life

  2. Oi Ana, tudo bem?
    Depois de um tempinho, volto eu ao seu blog e que notícia linda essa! Fiquei especialmente emocionada porque acabei de ter meu segundo filho, o Leo, que tem dois meses. Desejo muito mais amor ainda para vocês!
    Um beijo,
    Mara – mãe também da Olivia, do oliviamediise, lembra? :)))

    • Olá Mara, claro que lembro de você! Que felicidade receber sua visita e saber sobre o Leo! Muito obrigada pelo carinho de me escrever! Quem sabe finalmente não conseguimos nos esbarrar algum dia pelas ruas de Nuremberg :).
      Muitas felicidades e saúde pro Leo e pra Olivia!
      beijos

  3. Lembrei de quando vc queria pegar as crianças na rua !!!!!!!!!!!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk faz tempo …… Bjos e tamo chegando !!

  4. Minha querida, que texto mais lindo cheio de amor
    Fiquei emocionada! O seu Thomas irá se orgulhar muito dos pais que o papai de céu deu pra ele. Deus abençoe vocês. Beijos de nós três!

  5. Guria, eu fiquei muito emocionada com a tua história, principalmente porque meus ancestrais são alemães, meu bisavô chamava Thomas e meu avô chamava Quiliano (uma abrasileiração pra Kilian), achei tão bonito isso, sério. Que amor, e quantas coisas em comum! ❤ Parabéns pelas descobertas e por esse momento tão intenso na sua vida, muita saúde pra vocês!


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    • Nossa, sério mesmo toda essa coincidência? Incrível Thayse! Agora eu é que estou emocionada <3. Muito obrigada por deixar esse comentário tão carinhoso compartilhando um pouco da tua história comigo! Guardarei no coração!
      beijos

  6. Acho lindo como a gente começa a escrever pros filhos antes mesmo de eles saberem ler. É muita vontade de dizer logo pra eles o quanto sempre os amamos, até antes de existirem!

    • Oi Ana! Obrigada por acompanhar o post. Sempre sonhei com o momento de escrever aqui quando estivesse grávida. E isso me fez tão bem que quero continuar escrevendo pra ele. Quem sabe no futuro ele poderá se orgulhar de tudo o que a mamãe escreveu :).

  7. Muito lindo o seu texto, Aninha, emana emoção em cada palavra!
    Às vezes penso que a espera de um bebê faz os pais darem um valor ainda maior pela vida, quando ela chega.
    Que Thomas venha com muita luz ao mundo. Ah como será fotografado esse bebezinho 🙂
    Por falar em fotos, a minha amiga ficou muito, mas muito satisfeita com o trabalho do Arthur Rosa. Ele ARRASOU nas fotos do casamento, foi uma alegria ver tamanha sinergia 🙂 Obrigada pela dica, que voou o mundo e se fez muito acertada aqui nessas bandas.
    Um beijo grande

  8. Estou que não aguento de tanta felicidade por ti Ana! Que notícia mais linda… Parabéns pra ti e pro teu marido, aproveitem muuuuuito esse momento! Que o Thomas venha com muita saúde, que pelo que eu vi, amado ele já é…
    Beijão para vocês dois ❤

  9. Ana, ❤ ❤ 3 Muito amor pra vocês! Nome lindo, amor e desejo lindo. Que vocês sejam sempre felizes e aproveitem cada fase, cada coisinha, cada gracinha. Ter um bebê em casa traz muito alegria. Que seu lar seja abençoado! Beijos

  10. Queridos Ana e Killian, wir sind sehr Feliz por vcs dois. Que o Thomas tenha viel viel viel Gesundheit e venha voll Energie 🙂 Queremos ver esse menino falando alemao mit der Akzent aus Ceará 😉

    Liebe Grüße aus Esslingen

  11. Aff Ana.. pra que matar a gente com esse texto tao lindo, hein?? Vontade de ir ai te dar um abraço apertado! Amei muito o nome.. e diz ai pro Thomas que tem uma “tia” na Irlanda que vai querer ir ai apertar ele um dia!
    Beijos ♥

  12. Ai Ana, eu quase chorei! Que lindo!
    Estou adorando que você está postando mais. Li também o post dos lagos e adorei, mas ainda não comentei lá. Tive que comentar nesse post primeiro. Parabéns mais uma vez, agora pelo seu menino. Tudo de melhor para vocês todos!
    O seu marido também fez doutorado em química?

    Ainda não li o post sobre a Islândia, mas fiquei feliz em ver que a série de posts sobre a Islândia começou 🙂

    • Oi Aline! De certa forma estou tão motivada a aparecer mais por aqui! Eu tenho tanta coisa pra escrever que me sinto até um pouco perdida hehehe.
      O Kilian também fez doutorado em química, exatamente aonde nos conhecemos. Trabalhamos no mesmo laboratório até :).
      Beijão

Faça o meu dia!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s