sobre os dias nos alpes com o bebê

Essa viagem tinha tudo para ter sido o maior fiasco. Primeiro porque ela foi planejada de última hora. Segundo, porque eu era a única pessoa interessada nela. Eu queria ver neve e como aqui na região que moramos neva muito pouco, me veio a ideia de procurar acomodação em Berchtesgaden bem nas últimas semanas de dezembro. Obviamente que não encontrei nada e Kilian comemorou. Não satisfeita, comecei a procurar nas cidades vizinhas e acabei encontrando um air bnb bem charmosinho em Bad Reichenhall, que fica a uns 20 km do Königssee. Eu tinha certeza que iria ver neve, muita neve caindo do céu e espalhada pelo chão.

Uma vez que já estava tudo organizado, Kilian começou a se empolgar. Mas um dia antes da viagem decido olhar a previsão do tempo para os dias seguintes e veio aquela decepção. Chuva, tempestade, rajadas de vento e temperaturas acima de 5 graus. Tudo isso nos alpes, a região onde tem a maior probabilidade de ter neve nessa Alemanha! Como que cai neve do céu com uma temperatura dessas? Eu não desanimei e fui na confiança de que a previsão da região dos alpes é incerta e de que tudo poderia mudar.

Não mudou. Pelo menos nos dois primeiros dias. Kilian não pôde perder a oportunidade de rir da minha desgraça. No segundo dia, já entediados com o tempo ruim, resolvemos ir para uma Therme. O que novamente parecia não ter sido uma boa ideia. Dias de chuva durante o inverno aqui na Alemanha não dá outra. Todo mundo vai pra piscina. Fila de mais de 30 minutos pra entrar, Thomas chateado porque já era quase hora da soneca e eu me perguntando o porquê de não estar em casa, na nossa casa, debaixo dos nossos lençóis. Ufa! Conseguimos entrar. Muita criança gritando, chorando, piscinas lotadas. Thomas não se importou nem um pouco e como um verdadeiro Wassermaus (ratinho de piscina) se divertiu pra valer. Ele adorou observar todo o movimento e só de ver a alegria dele, esqueci o perrengue que foi pra entrar. O dia valeu muito a pena!

Felizmente os dias seguintes não tiveram previsão de chuva. Planejamos os nossos passeios, de modo que Thomas fizesse uma ou duas sonecas curtas no canguru e uma mais longa, por volta das 15 horas, quando retornássemos pra casa. Levamos o almoço dele, frutinhas (e mais os dois tetês!) para que ele passasse o dia super bem. Deu tudo certinho! Thomas está cada vez mais provando que é um super parceiro de viagem.

Infelizmente, neve caindo do céu nós não vimos. Mas vimos dias lindos amanhecer com o sol nascendo entre as montanhas, dissipando o nevoeiro e as nuvens baixas. Admiramos mais uma vez a beleza dos lagos alpinos, caminhamos por caminhos já conhecidos e nos demos conta do quão maravilhoso era estar de volta aquele lugar, dessa vez com o nosso filho.

E vimos neve sim! Neve não derretida no chão! Thomas brincou no chão nevado pela primeira vez na vida e mais parecia um bonequinho de neve ❤

Essa viagem tinha tudo pra ter sido o maior fiasco. Mas muito pelo contrário, ela foi maravilhosa!

7 comentários em “sobre os dias nos alpes com o bebê

  1. A cada foto o olhos arregalam aqui com tamanha beleza! Que canto mais lindo desse mundo.. e espero um dia poder ir fazer trilha com vocês por lá. Thomas todo feliz na neve que coisa mais linda, Ana.. esse filhote de vocês sem dúvida adora explorar ❤
    E que bom que vocês foram mesmo e voltaram pra casa com memórias novas de um lugar tão querido pra você.
    Beijos! ♥

  2. Concordo demais com a Gabi. Mesmo com o clima diferente do que você esperava, o passeio sempre vale a pena porque invariavelmente você verá alguma coisa que vai te despertar um sentimento antes não sentido, sabe? Fora que esses alpes alemães são sempre maravilhosos, né? Você mora num belo país! Agora, essas do Thomas na neve estão uma graça, fofinho demaissss!

  3. Ai que passeio mais lindo, valeu muito a pena ter ido. Eu sou da teoria do vai sim, afinal toda viagem cria momentos pra serem celebrados e lembrados no futuro. O bom do Thomas crescer com pais fotografos e que sempre ele vai ter fotos lindas pra olhar quando crescer.
    Bjs

  4. Que delícia!! Eu sou sempre a favor de IR.. porque mesmo na adversidade a gente tira alguma coisa boa, a gente passa momentos gostosos dentro de casa com aqueles que amamos, a gente vê a chuva escorrendo por uma janela diferente, a gente experimenta algo diferente sempre. QUe bom que vocês foram, e que bom que foi legal! Mais uma viagem pro currículo do pequenino 🙂

Faça o meu dia!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s