Ich verstehe kein Schwäbisch!

Aquele momento em que estou voltando pra casa, quase onze e meia da noite, entra uma vozinha no trem, me cutuca, pede pra sentar do meu lado e começa puxar assunto falando essa língua aqui:

IMG_2840

Eu até que, entre uma piscada e outra, tentei ser simpática com ela, dando aquele sorriso de “tô entendo bulhufas e queria mesmo era voltar a dormir”, quando de repente a velhinha percebe e pergunta: você entende alemão?

Ah! que bom, caiu a ficha dela que eu não tava entendendo, eu pensei. Daí eu respondo: sim, bastante. Mas não entendo nem um pingo de Schwäbisch.

Eu juro que não falei por mal, mas a vozinha levou pro pessoal. No mesmo instante eu achei que não tinha sido legal e até soltei um pedido de desculpa, mas ela se fechou, mudou de lugar e começou falar com a moça do lado.

Eu poderia ter pensado: que vozinha mais chata! Mas fiquei foi com dó. Fala sério, o que faz uma velhinha cheia de atadura nas pernas, no meio do mundo a essa hora da noite? Acho que ela só queria alguém pra conversar e viu que eu não tinha potencial pra levar um papo.

Sabe, me deixa triste ver tantos idosos vagando por aqui, alguns até com problemas mentais, completamente sozinhos. Ah, isso me parte o coração. Morri de pena por não ter dado atenção, mas eu realmente não entendo essa língua falada aqui.

Pra quem não sabe, Schwäbisch é o dialeto falado aqui em BW. É tão diferente que até os nativos que falam o alemão padrão (Hochdeutsch) tem dificuldades pra entender. E o povo aqui admite que é difícil, tanto que o lema do estado é:

bw-wir-koennen-alles-ausser-hochdeutsch
Nós podemos tudo. Exceto alemão padrão.

Cheguei à conclusão de que não importa quão bom o nosso alemão seja, a nossa compreensão da língua parece que nunca será boa o suficiente pra entender esses dialetos.

Na foto do banquinho acima (que fica na entrada de um restaurante famoso aqui em Tübingen) está escrito: aqui se sentam os que sempre se sentam aqui.

Em Schwäbisch: do hogged dia, dia emmer do hogged, o que em alemão seria: hier sitzen die, die immer hier sitzen. 

A semelhança aqui passa é longe!