Kehlsteinhaus – o presente não desejado de Hitler

Kehlsteinhaus – o presente não desejado de Hitler

kehlsteinhaus_thishermanlife13

Eu não exagero quando afirmo que o sul da Alemanha é rico de lugares fantásticos e muita história. Um lugar muito visitado por turistas do mundo todo é o Ninho da Águia (Kehlsteinhaus), uma construção da época do Terceiro Reich, no topo da montanha Kehlstein (1834 metros) na região de Berchtesgaden. Hitler amava essa região e possuiu uma casa de férias, o Berghof em Obersalzberg, perto de Berchtesgaden.

O que faz esse lugar ser a atração mais famosa de Berchtesgaden é o fato do Kehlsteinhaus ter sido contruído para Hitler como presente de aniversário dos seus 50 anos. A construção desse edifício foi um projeto muito ambicioso, mas o partido nazista não poupou moedas para tentar impressionar o Führer ao contratar engenheiros de ponta para a obra, considerada brilhante para a época. Uma estrada teve de ser construída nas encostas íngremes da montanha e logo abaixo da casa, um túnel foi cavado dentro da montanha onde um elevador foi construído para levar o Führer (e demais hóspedes) até lá. O próprio elevador com detalhes de bronze e coberto por espelhos, de início revela a grandeza do que foi feito. Ele te leva por mais 124 metros em apenas 41 segundos!

Essa relíquia do Terceiro Reich sobreviveu intacta aos ataques de bomba durante as últimas semanas da guerra na região e hoje é um dos poucos edifícios na Baviera do período nazista que ainda permanecem e podem ser vistos mais ou menos na sua condição original. No entanto, para a decepção do idealizador do projeto, Hitler não esteve muitas vezes no seu “chalé das montanhas”. Parece que o Führer (além de toda a sua insanidade) era claustrofóbico e tinha aversão à altura e nunca se sentiu à vontade no lugar. Difícil agradar o ditador hein?!

O acesso ao local pode ser feito a pé (2 horas de trilha) ou de ônibus, que te leva até o estacionamento onde se pega o elevador. Se o tempo colaborar com o passeio, tem-se um panorama simplesmente espetacular. No dia que fomos o céu estava tão claro que deu até para avistar a cidade de Salzburgo, na Áustria.

kehlsteinhaus_thishermanlife5kehlsteinhaus_thishermanlife3

O edifício em si não me impressionou. Tanto é que não tirei nenhuma foto lá de dentro, onde funciona um restaurante e fiz pouquíssimas fotos do lado de fora. Tinha muita gente por todos os lados e eu fiquei super sem paciência. Mas a visita valeu a pena somente por causa da vista lá de cima, que é realmente linda. Durante a semana que passamos em Berchtesgaden, esse foi o único dia que não fizemos trilha. Estávamos esgotados e já era o nosso último dia por lá. Fomos de ônibus e compramos o ticket de visita de duas horas, pois achamos que seria tempo suficiente pra ficar lá em cima. Duas dicas que eu posso dar para quem pensa em algum dia visitar esse lugar: (1) só vá em um dia claro, porque com névoa não dá pra ver nada e (2) tente ir o mais cedo possível se você, assim como eu, tem pavor de lugares abarrotados.

kehlsteinhaus_thishermanlife6kehlsteinhaus_thishermanlife2kehlsteinhaus_thishermanlife4

Porém, o que mais gostei desse dia foi a voltinha que fizemos pelos arredores de Berchtesgaden antes da volta pra casa. Subimos até um lugar que dava pra ter uma vista linda da cidade. A montanha da segunda foto, com dois picos peculiares é o Watzmann, a segunda maior montanha da Alemanha. Eu sou apaixonada por essa montanha e foi lá nos arredores dela que fizemos a maioria das nossas trilhas, que eu ainda pretendo escrever sobre aqui no blog. Quem não viu o post sobre a caverna de gelo, clica aqui.

kehlsteinhaus_tisgermanlife11kehlsteinhaus_thishermanlife10kehlsteinhaus_thishermanlife9

O cenário dessa pequena esquina da região da Baviera é sempre assim, inspirador – em qualquer época do ano! O coração da Ana das Montanhas agradece satisfeito quando vê tamanha beleza!

kehlsteinhaus_thishermanlife7kehlsteinhaus_thishermanlife12 kehlsteinhaus_thishermanlife8

Aproveito pra desejar um bom final de semana procês!